quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Victor e Leo na Vaquejada de Serrinha-Ba

As boas lembranças dos últimos shows de Victor e Leo aqui na Bahia ainda estavam vivas em minha memória. Por isso a ansiedade por este show em Serrinha era grande demais. Uma ansiedade em dose dupla, pois a vaquejada de Serrinha era a festa mais esperada do ano para mim. Se só a vaquejada já era bom, imagina então com um show de Victor e Leo? Para ficar melhor só a presença de minhas companheiras de shows: Flavinha, Thaís, Aimê e Lorena que veio de Vitória-ES especialmente para a festa. 
Como faltava exatamente um mês para o aniversário do nosso querido Leo, resolvemos presenteá-lo antecipadamente.  
Na festa tudo parecia tranqüilo até aparecer um locutor de uma rádio e me entrevistar. Falei para ele que amava os meninos e que estava ali especialmente por eles. Foi aí que ele me fez o convite para ficar na área destinada aos artistas e a imprensa, tipo um backstage, e ver Victor e Leo de perto. Não pensamos duas vezes e entramos para esperar os meninos. 
A espera parecia interminável, aproveitamos a oportunidade para ver outros artistas que passavam pelo  local e conhecer um pouco dos bastidores do show. Quando já não conseguíamos nem respirar direito de tanta ansiedade eis que aparecem as estrelas da noite e nos fazem esquecer todo cansaço que passamos esperando.
Mostrei um cartaz para o Leo avisando que levamos um presente e ele avisa que irá nos receber no camarim para entregarmos. Vibramos de felicidade, não subimos até o camarim pois eles estavam atrasados para o show, mas fomos recebidas de forma especial na saída do camarim até o palco. Um momento de grande emoção, minha vontade era ficar ali abraçando eles a noite inteira e quem sabe conseguir dizer algumas palavras bonitas, mas o púbico gritava o nome deles, todos queriam Victor e Leo!
O show é um momento especial a parte, esse estava diferente pois não tinha telão, cenário e a iluminação que costumamos ver nos shows deles, mas se Victor e Leo cantassem em cima de um caminhão a emoção seria a mesma. Pois o que nos leva até ali é a grande magia que Victor e Leo nos proporcionam, a energia positiva que eles passam através das belas canções. 
No meio do show começamos a cantar Boa Sorte Pra Você, música do próximo Cd deles, mas o Victor avisou que não podiam cantá-la por causa da gravadora. Apenas cantarolou bem baixinho: "...se tinha que ser assim, tudo bem já passou, boa sorte pra você é o fim do nosso amor."
Depois do show fomos para atrás do palco encontrá-los novamente e agradecer por toda emoção que eles nos proporcionaram aquela noite. Não tem como não ama-los, Victor e Leo são pessoas iluminadas, talentosas, atenciosas; eles sabem muito bem como retribuir o carinho dos fãs e é isso que importa.
Por este momento especial agradeço as minhas amigas queridas sempre presente e ao querido secretário deles pela atenção especial e por tratar tão bem os fãs.
Sair de lá contando os dias para a próxima troca de energia e lembrando desse poema que traduz nosso jeito fã de ser.

Keila

Ser fã é perder completamente o juízo! Será que essa palavra existe para quem é fã? 
É gritar mais alto que as cordas vocais aguentam, agarrar nas grades geladas que separam você do seu sonho; 
É ver o mesmo show 10, 20 vezes ou mais e rir das mesmas piadas como se as ouvissem pela primeira vez; 
É rir de alegria no ínicio do show e de tristeza ao cerrarem as cortinas; não tem distância... não tem obstáculo! 
Sempre há uma esperança nos olhos de quem realmente ama seu ídolo... porque para quem é fã, o show não tem fim...

...


Ser fã não é apenas saber tudo sobre os nossos ídolos;
Não é saber os detalhes da sua vida privada;
Não é apenas conhecer todas as suas obras e trabalhos;
Não é apenas ver e rever constantemente tudo o que está relacionado com eles.
Ser Fã, Fã de verdade, é muito mais do que isso.
Ser Fã é rir e chorar;
É sofrer e festejar;
É apoiar e lutar com todas as forças pelo sucesso de quem admiramos;
É estar sempre com eles, nem que seja apenas em pensamento;
É amá-los, venerá-los, admirá-los como a mais ninguém;
É sentir a força e as mensagens que eles nos transmitem;
É defendê-los até ao fim, contra tudo e contra todos;
É apoiá-los e gostar sempre deles, independentemente dos seus defeitos e dos boatos sobre eles;
É considerá-los como pessoas normais e ao mesmo tempo considerá-los superiores aos outros;
É trazê-los sempre no coração.

































Um comentário:

  1. parabéns Keila por conquistar todos os seus objetivos...bjss

    ResponderExcluir

Seja Bem Vindo(a) ao Blog Leo Chaves!

Obrigado pela sua visita, volte sempre e não deixe de comentar!